Related Posts with Thumbnails

terça-feira, 17 de novembro de 2009

A rua é lugar de drogas e prostituição


Paula*, tem 17 anos de idade, é garota de programa. Ela se prostitui porque é usuária de crack e tem que sustentar o vício. Alega que perdeu a virgindade aos 12 anos na rua, mas que há 3 se prostitui diariamente. A história dessa adolescente é a mesma de milhares de crianças e adolescentes no país inteiro, havendo até livros como “Meninas da noite”, do jornalista Gilberto Dimenstein que abordam o tema com atitude firme e corajosa.

Faço contato com meu informante e ele diz que está tudo certo, e que localizou alguns pontos onde meninas começavam mais cedo a se prostituírem. Dias antes, rondamos as ruas de Florianópolis a noite e as prostitutas, hoje chamadas “profissionais do sexo”, se negaram a dar a entrevista por diversos motivos, entre os quais: horário dos programas, seus agenciadores, medo. Atualmente a disputa por pontos com os travestis as tem levado para locais mais reservados, em boates, casas de massagem, ou encontros íntimos em apartamentos bem localizados na capital barriga-verde.

Para obter a entrevista foi necessário antes mapear locais, conversar com moradores e trabalhadores das ruas. A prostituição, diz a voz das ruas, é a profissão mais antiga do mundo. Num Estado da federação onde escândalos sexuais com menores são abafados, afirmar que existem menores vendendo seu corpo nas ruas já parece algo comum. A prostituição esconde muitos outros crimes, mas em última análise, quem se prostitui busca: prazer, e sustento de alguns vícios, como o crack. A prostituição também é oriunda da pobreza, da miséria, da exploração, e da ignorância.

O áudio abaixo foi editado para preservar nomes citados, e da própria menina, que pelo Estatuto da Criança e do Adolescente tem assegurada sua identidade.

Crack - combate by Acangatu
* Nome fictício para preservar a identidade.

4 comentários:

Anônimo disse...

Primeiramente gostaria de parabenizar este belissimo site que auxilia Conselheiros dos Direitos da Criança e do Adolescente assim como este que subscreve. Fiquei chocado com a materia A RUA É LUGAR DE PROSTITUIÇÃO E DROGAS, pois este mostra a crua e nua realidade da degradação de familias e nos remete ao choque do que esta sendo feito e o que podemos fazer,PARA SANAR TAIS PROBLEMAS o problema é que nos omitimos na maioria das vezes...na referida materia a menina mostra que a rede de reabilitação a assistencia social a procura...mais o programa falha quando desacredita nela mesma, é preciso tratar a criança e o adolescente mas também as familias pois o Foco deste problema esta na raiz da degradação familiar!
Gostei muito do site irei divulgar no municipio de Itapema donde sou Conselheiro Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente!
Parabéns é boas iniciativas assim que a sociedade precisa!
ATT
HERCILIO VARGAS
CMDCA - ITAPEMA
PRESIDENTE DO CEI CRIANÇA FELIZ DE ITAPEMA

Mosaicos de Rua disse...

Fernanda Rigol, Porto Alegre/RS, por e-mail disse...

"É chocante que menores estejam se prostituindo ao invés de se dedicar aos estudos. Mais chocante ainda é ver que o meretrício é a fonte de renda do uso do crack essa droga de efeito avassalador no organismo."

Mosaicos de Rua disse...

Gabriel Bedin Slevisnki, por e-mail disse:

"acabo de conhecer o Blog, bela iniciativa criativa, informante e procadora..
parabéns.."

Anônimo disse...

Essa matéria é chocante mesmo!
E é um absurdo existir esse tipo de realidade, pois os órgãos responsáveis devem fazer mais por essas pessoas, incentivando e dispertando outros interesses mais produtivos e realizadores, para que elas tenham oportunidade de saber e viver um mundo melhor, que existe e é possível.
Atenciosamente,
Daniela Bondesan.

  © Blogger template Ramadhan Al-Mubarak by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP