Related Posts with Thumbnails

sábado, 31 de outubro de 2009

A rua é um lugar de oportunidade

Ficar preso fora de casa ou não poder sair com um automóvel por ter perdido ou quebrado uma chave não é fato inédito. Quando isso acontece, lá pelos lados de Coqueiros, bairro de Florianópolis, as pessoas chamam o “Lele”. Lele é o apelido de Joceli Olívio Virtuoso, um Chaveiro, de 33 anos de idade, casado e pai de uma filha. Foi no retorno de sua atividade nas ruas que o entrevistamos.

O que é ser chaveiro? É uma profissão de confiança em primeiro lugar. Não basta você apenas fazer chave e ter um bom trabalho. A questão mesmo é a segurança que você vai dar pro cliente. Eu acho que nasci para ser chaveiro.

O que significa trabalhar na rua? É o que mais me beneficia. O lucro maior está na rua.

Por que o cliente procura o Lele Chaveiro?
Sem falsa modéstia, meu bom atendimento.

Há quanto tempo está trabalhando? Dezoito anos de chaveiro. Aqui em Coqueiros são catorze anos.

Houve algum problema na rua. Susto, por exemplo? Graças a Deus posso dizer que não houve serviço que eu peguei e não consegui dar jeito. Sempre tive facilidade para fazer as coisas. Susto? Já ter aberto portas para pessoa que não era dona do serviço.

Como é que funciona quando quebra a chave de um carro ou se esquece a chave lá dentro? Chamou. Se eu não tiver ocupado na hora, já resolvo o problema.

Chave Mixa é mito ou existe mesmo? Funciona. Funciona. Mas, não é para todos os carros. É mais mito. Para os carros antigos funciona, mas é mais difícil para os novos. Ligar carro não liga. Isso é tudo mito.

Já foi assaltado na rua? Já. Eu tinha 14 anos. Levaram meu relógio. Não era nem meu, peguei da minha irmã pra fazer uma média lá no centro. Em serviço nunca fui assaltado.

Quantos atendimentos você faz por dia? Isso varia muito. Tipo hoje… são onze horas e fiz quatro atendimentos na rua. Tem dia que não faço nenhum, mas faço aqui (em referência ao Posto de Gasolina). Sempre tem alguma coisa pra fazer.

O preço de um serviço na rua?
Qualquer saída o mínimo é R$20,00.

Trabalha com mais alguma coisa?
Não. Meu negócio é só prestação de serviço. Automotivo, residencial.

Gostaria de falar mais algo mais?
Olha, eu te agradeço pela oportunidade aí.

Para contratar os serviços de Lele: (48) 3028 5697 – 9952 1898

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito bacana a reportagem!! É realmente interessante abandonar "moldes" e procurar algo novo... Imaginaria qualquer classe profissional sendo abordada numa matéria, mas um chaveiro? Gostei.

O mais interessante mesmo é saber que eu conheço o chaveiro entrevistado, mora perto da minha casa!! [risos]

É isso... Sucesso pra vocês e continuem com o trabalho!

Grande abraço,
Manuella Bahls

  © Blogger template Ramadhan Al-Mubarak by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP