Related Posts with Thumbnails

domingo, 25 de outubro de 2009

A rua não é lugar para super-homem

Modelos internacionais, políticos, empresários ou apenas anônimos são as figuras que passam pelo táxi de Maximiliano Santos. Uma bagagem de quase 10 anos de experiência.

Roda pela capital do Estado, a bela Florianópolis, à procura de passageiros. Onde não há táxi, tem gente esperando. Lá está Maxiliamo, com seu bom humor, e boa vontade. “Uma vez fiz uma viagem para uma mulher e ela foi falando do início ao fim. Não abri a boca em momento algum. No final da viagem ela até me elogiou, disse que homem bom é assim, não contraria mulher”, conta ele.

Só que nem tudo são elogios na vida de Maximiliano. Conta que foi assaltado, em uma noite, quando buscava um cliente na saída de uma boate. “Colocaram um revólver na minha cabeça. Levaram celular, carteira, tudo que eu tinha de valor. Deixei eles pegarem tudo. Não sou super-homem para reagir”, relata o taxista.

Bastou cinco minutos de conversa para tocasse seu celular. É mais uma cliente chamando para uma corrida, e lá vai o Maximiliano, um taxista concorrido.

Boa viagem Maximiliano!

Nenhum comentário:

  © Blogger template Ramadhan Al-Mubarak by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP